23.ª edição do juntos pel’arte

fb-share-icon0

Total de Visualizações 153 

Exposição, ateliês e espetáculos de música, dança e teatro em Matosinhos voltam a unir a Câmara Municipal e a APPACDM de Matosinhos

A Câmara Municipal de Matosinhos e a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Matosinhos (APPACDM), promovem o festival “Juntos Pel’Arte”, um projeto inclusivo de todos e para todos.

O Juntos Pel’Arte é uma iniciativa com larga tradição no concelho de Matosinhos que anualmente, tem consolidado a sua posição na divulgação da arte ao serviço de todos, um canal privilegiado para o apelo à igualdade e à defesa dos direitos das pessoas quaisquer que sejam as suas problemáticas ou condição.

O evento apresenta uma forte componente lúdico-pedagógica com a realização de ateliês, espetáculos de música, dança, teatro inclusivo, novo circo, onde a arte e a cultura exaltam e aproximam não apenas os cidadãos com necessidades específicas, mas todos aqueles que se juntam.

Hoje, junto à Biblioteca Municipal Florbela Espanca, decorreu a inauguração oficial da iniciativa com a presença da presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, do vereador da Cultura, Fernando Rocha, do vereador do Desporto, Vasco Pinho, da presidente da direção da APPACDM de Matosinhos, Olivia Assunção, bem como de professores e utentes das instituições participantes nos vários momentos da programação.

Olivia Assunção destacou o apoio da Câmara Municipal ao longo de todos estes anos, agradecendo ao executivo e aos colaboradores da CMM, e também aos utentes da APPACDM, “a principal fonte de inspiração que fazem com que queiramos continuar”, referiu. A presidente da APPACDM realçou que esta é uma iniciativa de reflexão, partilha e, acima de tudo, de amor. Serão vários os momentos de passagem de mensagens que, esperemos, possam contribuir para o que o mundo se torne um pouco melhor”, concluiu.

Já Luísa Salgueiro reconheceu que “este é um evento especial para mim e para a Câmara Municipal. São 23 anos a observar trabalhos fantásticos, diferentes, inovadores, apelativos e fruto do amor e da partilha de tantas pessoas envolvidas ao longo destes anos do Juntos Pel’Arte. Um momento de reencontro com valores que nos devem inspirar na vida quotidiana”.

“Sentimo-nos felizes por fazer parte da organização do Juntos Pel’Arte. Perante tantas iniciativas e eventos que organizamos, este é o nosso momento alto de sensibilização para o sentido da vida”, acrescentou.

A abertura desta edição ficou marcada pelo momento musical “o jogral camisa sem manga” levado a cabo por professores e utentes da APPCDM com declamação de poesia, que teve como base poemas editados no livro “Camisa sem manga” da APPACDM.

Serão vários os momentos altos da programação desta 23ª edição do Juntos Pel’Arte. Até 3 de dezembro, a Biblioteca Municipal Florbela Espanca, o Salão Nobre dos Paços do Concelho e o Parque Basílio Teles receberão várias iniciativas no âmbito do Juntos Pel’Arte.

Refira-se que, em 2022, participam mais de duas dezenas de instituições de apoio à pessoa com deficiência e de estabelecimentos de ensino do concelho na exposição patente na Galeria da Biblioteca Municipal Florbela Espanca. Parte destas são para venda, revertendo o valor para as instituições.

 

TVSH 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *