Segundo dia do Thinking Football Summit 2022 já está em andamento

fb-share-icon0

Total de Visualizações 180 

Manhã de sábado contou com a presença de João Costa, Ministro da Educação, seguido do painel ‘Formação e Infraestruturas – O Caminho para a Excelência’, composto por Vítor Pataco, Paulo Frischknecht e Luísa Salgueiro

 

O segundo dia do Thinking Football Summit 2022 já está em andamento! Novos painéis, novos intervenientes, numa programação recheada de eventos e atividades, que contou com a presença do Ministro da Educação, João Costa, ele que começou por fazer referência a um “evento impressionante organizado pela Liga Portugal”, antes de partilhar a sua visão sobre a temática ‘Formação e Infraestruturas – O Caminho para a Excelência’:

“O papel do Desporto nas políticas educativas nacionais é fundamental. Em 2017, iniciámos uma reforma curricular de sistemas educativos, abrangida por 10 áreas, para que os jovens sejam bem-sucedidos, sendo que estamos a preparar o seu futuro e a sua sobrevivência enquanto adultos. O Desporto Escolar também desempenha um papel importantíssimo no crescimento dos jovens e crianças, com programas que os motivem, seja na escola, na vertente desportiva ou nas práticas sociais. Há um mundo melhor que é possível”, referiu, enquanto explicou a importância do papel das unidades de apoio ao alto rendimento escolar:

“Queremos que os jovens tragam medalhas para Portugal, mas também queremos que sejam bons alunos. Já são 19 escolas no país, permitindo que possam estudar, mas que também possam ser atletas de alta competição, sem prejuízo de nenhuma área. E o resultado é francamente positivo e, tendencialmente, acima da média, para além de cumprirem com os seus desempenhos nas competições em que participam.”

Luísa Salgueiro, Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos e da Associação Nacional de Municípios Portugueses, também marcou presença e destacou o papel das autarquias e das Câmaras Municipais. “São, de facto, fulcrais, sobretudo nas infraestruturas que são construídas a nível escolar, como pavilhões, piscinas ou pistas de atletismo, que promovem um estilo de vida saudável. Por outro lado, as Câmaras Municipais são cruciais no acesso à prática desportiva, seja nas inscrições, exames médicos ou material de treino, que fazem parte da sua estratégia de desenvolvimento”, sublinhou.

Quem também não quis faltar à grande montra do Futebol foi Paulo Frischknecht, Presidente da Fundação do Desporto, que deixou algumas notas sobre o papel da instituição na construção de infraestruturas: “Queremos, principalmente, fomentar o gosto pela prática desportiva de forma consertada, numa missão social, onde são construídos equipamentos desportivos para proporcionar aos nossos praticantes as melhores condições. São, sobretudo, salas de estudo digital para que os alunos possam conciliar os estudos com a prática desportiva.”

Por fim, Vítor Pataco, Presidente do Instituto Português do Desporto e da Juventude, referiu que “o investimento dos municípios tem sido brutal”, algo que deve ser acompanhado “com infraestruturas de qualidade com impacto positivo na comunidade”, deixando ainda um repto para o futuro próximo:

“Hoje, o grande desafio que se coloca aos decisores políticos é a natureza dos equipamentos que se devem construir no tecido urbano, sendo complementado com as tendências e necessidades de cada região.”

 

Créditos: LIGA PORTUGAL

TVSH 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *