Lusa condena utilização abusiva do serviço e nome da agência pelo partido Chega

fb-share-icon0

Total de Visualizações 201 

A administração e a direção de informação da Lusa condenaram hoje a utilização abusiva do serviço e da imagem da agência num artigo do jornal do partido Chega e está a analisar “todas as consequências” deste acto.

 

O anúncio é feito num comunicado conjunto da administração e da direção de informação da Lusa, divulgado no dia em que foi publicado, “com a utilização do logótipo da agência e da expressão ‘By Agência Lusa’”, um artigo sobre o Consórcio de Jornalistas em que se aborda alegadas ligações dos jornalistas à extrema-esquerda, no ‘site’ do jornal do Chega, Folha Nacional.

“A Administração e a Direção de Informação da Lusa foram hoje confrontados com a utilização abusiva do nome e da imagem da agência num artigo sobre o Consórcio de Jornalistas publicado e divulgado no ‘site’ do jornal Folha Nacional, do partido Chega, intitulado ‘As perigosas ligações do Consórcio de Jornalistas’”, lê-se numa nota interna divulgada aos trabalhadores da agência.

A autoria do artigo “é atribuída à Lusa, com a utilização do logótipo da agência e da expressão “By Agência Lusa”, o que é falso”, tratando-se, segundo a empresa, “de uma utilização absolutamente condenável por parte do partido Chega do serviço e da imagem da Lusa”.

Perante a situação, ainda segundo o comunicado, “a administração está analisar todas as consequências da utilização indevida e abusiva do serviço”.

 

TVSH 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *