Chegaram as primeiras famílias da ucrânia

fb-share-icon0

Total de Visualizações 384 

Autarquia disponibiliza Centro de Apoio à Comunidade e procura novas respostas de acolhimento e alojamento com o apoio da sociedade civil

Chegaram ontem a Matosinhos as primeiras famílias ucranianas deslocadas em virtude do conflito na Ucrânia.
A Câmara Municipal disponibilizou as instalações do Centro de Apoio à Comunidade, em Leça da Palmeira, que tem capacidade para acolher até 24 pessoas.
As famílias ucranianas tinham à sua espera uma cozinha para uso comum, instalações sanitárias, quartos com sala de estar, para cada família ter a sua privacidade, sala de jantar, brinquedos e bens alimentares.
Para responder à necessidade urgente de alojamento, devido ao agravamento da crise humanitária na Ucrânia e nos países de primeira linha de acolhimento, a autarquia está já a trabalhar em articulação com a sociedade civil para encontrar mais respostas de acolhimento e alojamento no concelho e na região.
As pessoas interessadas em acolher pessoas vindas da Ucrânia, em imóveis com condições de alojamento, devem preencher o formulário em https://somostodosucrania.pt/?page_id=353

Este projeto, recorde-se, reúne esforços dos municípios da Frente Atlântica do Porto- Matosinhos, Porto e Vila Nova de Gaia, para apoiar os deslocados da Ucrânia na sequência da invasão daquele território pela Rússia.
Foi criada uma plataforma comum que divulga as respostas existentes em português, ucraniano e inglês.
A iniciativa “Somos Todos Ucrânia” está alicerçada em quatro níveis de atuação: a recolha de alimentos, que foram pedidos pelo Consulado da Ucrânia no Porto e que serão entregues na fronteira com a Polónia; a agregação de ofertas de alojamento e disponibilidade para acolhimento; a criação de uma bolsa de empregos; e a disponibilização de uma bolsa de serviços nas várias áreas para a ajudar à integração em Portugal.

Foi ainda criado o portal www.somostodosucrania.pt e uma linha de apoio 222 090 420.

 

Créditos: CMM

 

TVSH 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.