Câmara de Matosinhos cria serviço para ajudar a baixar custo da energia

fb-share-icon0

Total de Visualizações 270 

A Câmara de Matosinhos criou um serviço para ajudar os munícipes a reduzir o custo da energia. Melhorar o isolamento térmico, instalar painéis solares ou substituir eletrodomésticos são decisões nem sempre fáceis de tomar, até pelos preços, mas também aí o novo balcão pode ser útil, uma vez que os interessados ficam a saber que há linhas de financiamento para diferentes situações.

 

O objetivo é ajudar a tirar o melhor partido das tecnologias e dos materiais mais eficientes em termos energéticos. Vejamos o caso de Ana Pinhal. Vive no centro da cidade e a sua casa tem uma pré-instalação para salamandra e radiadores, que, ao todo, vão custar-lhe oito mil euros.

Ana quer saber se pode concorrer a algum dos apoios disponibilizados por fundos comunitários. “A minha preocupação com o aumento do custo de vida levou-me a vir aqui procurar alternativas, de forma a poupar na fatura da energia”.

Já André Chapouto, que reside num apartamento em Leça do Balio, vai mudar as janelas e tem dúvidas quanto aos benefícios de um novo soalho. Também quer saber se pode recorrer a apoio financeiro. “Hoje em dia, somos bombardeados com informação e ter aqui um canal privilegiado é positivo”, disse-nos, a propósito do novo serviço.

Ana e André foram atendidos no balcão, apresentaram o seu caso e em breve regressam para reunir com técnicos especializados. Essas reuniões têm de ser agendadas e decorrem sempre às quintas-feiras de manhã.

Situado na loja do munícipe, o serviço resulta da adesão de Matosinhos ao projeto Porto Energy Hub, criado no âmbito do programa comunitário Horizonte 2020 e para já focado nos concelhos da Área Metropolitana do Porto situados a norte do rio Douro.

Através do site do projeto (portoenergyhub.pt), os interessados podem ficar com uma ideia das soluções técnicas e das condições para aceder às 13 linhas de financiamento. Preenchendo um inquérito, o munícipe pode igualmente descobrir qual o desempenho energético da sua casa ou enviar um email com dúvidas.

“Numa a primeira fase, damos informação um pouco superficial no âmbito da eficiência energética. Quando entramos na parte técnica, é agilizada uma reunião com um técnico, que já conhece os casos e apresenta as soluções”, explicou ao JN Carlos Alberto Silva, responsável pela loja do munícipe.

 

Créditos: JN

TVSH 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *