image

Novas viaturas da “Maré” já circulam Oito autocarros reforça a frota de transporte público no concelho. Oito novas viaturas da “Maré” estão, a partir de hoje, ao serviço da população, juntando-se à frota de transportes públicos de Matosinhos. Produzidos em Portugal, os autocarros têm capacidade para transportar 78 passageiros e foram hoje apresentados pela operadora ViaMove, numa cerimónia que contou com a presença da Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, e do Vereador dos Transportes e Mobilidade, José Pedro Rodrigues

1 Outubro, 2020 218 35 Sem comentários

Description

Novas viaturas da “Maré” já circulam
Oito autocarros reforça a frota de transporte público no concelho.
Oito novas viaturas da “Maré” estão, a partir de hoje, ao serviço da população, juntando-se à frota de transportes públicos de Matosinhos.
Produzidos em Portugal, os autocarros têm capacidade para transportar 78 passageiros e foram hoje apresentados pela operadora ViaMove, numa cerimónia que contou com a presença da Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, e do Vereador dos Transportes e Mobilidade, José Pedro Rodrigues.
Desde que a ViaMove opera em Matosinhos (janeiro de 2019), verificou-se uma redução da idade média dos veículos de 16 para 12,6 anos. Também o número de avarias na via pública caiu cerca de 30%.
“Este ano, ainda não tivemos acidentes, o que é uma boa notícia em termos de segurança. Temos viaturas novas. Continuamos a fazer um grande esforço para cumprirmos os horários do serviço”, manifestou Alberto Castanho Ribeiro, do Grupo Barraqueiro (uma das empresas que forma o consórcio ViaMove), respondendo, deste modo, às exigências da autarquia.
A Presidente da Câmara Municipal salientou que “o transporte público é imprescindível nas cidades”. “É, para nós, uma prioridade e temos de acelerar a intervenção neste setor. As dificuldades estão a ser superadas, com boa vontade, com rigor financeiro”, afirmou Luísa Salgueiro.
“Independentemente do resultado do concurso internacional para a escolha do novo operador, o nosso compromisso é manter a qualidade do serviço até ao fim”, assegurou Alberto Castanho Ribeiro.
A pandemia por COVID-19 obrigou o operador a fazer algumas alterações, de forma a garantir o transporte mesmo no período de confinamento e a manter, dentro das suas possibilidades, os postos de trabalho dos seus colaboradores.
“Os meses de março e abril foram muito complicados”, recordou o Vereador da Mobilidade, que trabalhou em conjunto com a ViaMove para encontrar soluções, principalmente nas linhas mais críticas, para fazer face a esta nova realidade.
A Maré transporta diariamente 17 mil pessoas, cerca de 70% dos clientes que tinha antes da pandemia.
De forma a prevenir o risco de contágio entre os utentes dos transportes públicos, foram tomadas medidas para acautelar as limitações em termos de lotação.
A linha 123 será reforçada com mais um veículo, para compensar a sobrelotação que tem sido observada pelo operador. Já nas linhas 116 e 118, onde se tem verificado o mesmo problema, serão realizadas duas viagens adicionais.
Os oito novos autocarros reforçam uma frota atual de 65 veículos que circulam nas 18 linhas da Maré. Em novembro mais cinco novas linhas passarão a integrar a rede, assegurando as ligações: Praia de Angeiras- Mar Shopping; Praia de Angeiras- Vilar do Pinheiro (Estação de Metro); Agudela- Aeroporto do Porto (Metro); Aeroporto do Porto- Ramalde (Metro); Senhora da Hora (Metro)- Exponor.
Com esta aposta, será reforçado o serviço no norte e no centro do concelho e melhorada a ligação aos municípios vizinhos.
As novas linhas representam mais 105 quilómetros de cobertura de rede, mais 140 locais de embarque e desembarque, mais 120 viagens diárias, mais 1300 quilómetros percorridos todos os dias.

Atualidade