O Conselho de Administração do Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos confirma esta segunda-feira que vai construir no relvado junto à entrada do pessoal uma nova ala destinada aos cuidados intensivos e o compromisso é de que estará pronta dentro de 20 dias.

O objetivo é criar condições de tratamento efetivo de doentes e de segurança para os profissionais, assumindo que esta nova ala faz parte de um plano integrado de resposta local e regional que nos permite receber muitos doentes, mas de modo a garantirmos as condições de tratamento adequadas”, adianta o presidente do Conselho de Administração, Taveira Gomes, acrescentando que esta é uma fase em que “a pressão de tratamento de doentes críticos é crescente”.

A nova unidade de cuidados intensivos terá 11 quartos com pressão negativa, irá ligar-se ao Serviço de Medicina Interna, aumentado a “capacidade de ajudar mais doentes e eleva a segurança dos profissionais”.

Também o ginásio integrado no serviço de medicina física e reabilitação será dotado de “condições suficientes para contribuir para o suporte destes doentes”, avança o hospital.

@DR

O projeto está orçado em cerca de 700 mil euros que, segundo o Pedro Hispano serão suportados por mecenas, entre os quais se encontram a Câmara Municipal de Matosinhos e empresas locais.

A arquitetura do novo edifício está a cargo do gabinete Ventura + Partners. “O projeto assenta numa construção em CLT (cross laminated timber), sobre a qual assentará uma estrutura revestida a policarbonato, com uma impressão em vinil autocolante”, adiantam os responsáveis.